A TDK do a-ha

Quando eu era moleque, gostava tanto de ler que chegava a ter conta na banca de jornal da rua, pegava lá as revistas e meu pai acertava no fim do mês. Um dia, quando fui resgatar a saudosa BIZZ, o jornaleiro perguntou:

– Você gosta de música, né? Eu tô gravando umas fitas K7 em casa pra fazer uma grana extra, tô com a lista de aqui, quer dar uma olhada?

Estamos em 1988. O vinil ainda reinava e o CD era uma novidade cara, a gente se virava gravando coletâneas em fitas pra ouvir no 3 em 1 da sala, no toca-fitas do carro ou no walkman, o avô do iPod. Peguei o cardápio do Leopoldo, o jornaleiro, e escolhi a novidade do momento: Stay On These Roads, terceiro álbum de estúdio do a-ha, lançado em maio daquele ano. Além da faixa-título, o disco trazia Touchy!, The Living Daylights (trilha do 007) e a irresistível You Are The One. No lado B, Leo gravou outros sucessos do grupo norueguês: Hunting High And Low, Cry Wolf e, claro, o megahit Take On Me. Aquela TDK A-60 era uma paulada, literalmente gastei de tanto ouvir.

FullSizeRender

Em 89 a banda veio ao Brasil, acabei não indo ao show. Em 91, fez uma das apresentações mais comentadas do Rock in Rio 2, mas eu já metido a guitarrista só queria saber do Guns. Corta pra 2010.

Quando vi nas livrarias o DVD The Final Concert lembrei na hora da minha fita cassete, a tracking list era praticamente a mesma! Assisti no mesmo dia de cabo a rabo e lamentei nunca ter visto a banda ao vivo; como o som era legal, como o Morten Harket cantava bem. E os outros caras, Paul e Magne, ao contrário do que a gente achava nos anos 80, tocavam de verdade. Mas a redenção veio mesmo em 2016.

Num almoço pra falar sobre PARIS PARIS e os próximos livros, meu editor disse que a Faro Editorial estava trazendo a biografia do cantor do a-ha para o Brasil e perguntou se eu gostaria de escrever a apresentação do livro. Topei na hora, disse ainda que por coincidência – ou não – os Soundtrackers estavam ensaiando “The Living Daylights” para o “momento 007” do show e tal. Mais uma vez lembrei do K7, revi o DVD e o download do texto foi quase imediato, saiu numa tacada só.

My Take On Me. O título é ótimo e a edição tá caprichadíssima, com capa dura, poster encartado e álbum de fotos no miolo. Meu texto tá lá na chamada quarta capa, com um destaque que eu não merecia. Mas agora me sinto menos mal em ter subestimado os caras, de certa forma retribuí os momentos bacanas que a coletânea do Leopoldo me proporcionou.

IMG_8619

Em tempo: acho que até hoje meu pai não sabe que pagou a fitinha no fim do mês junto com as revistas. Ops, agora ele sabe. Ahá!

Anúncios

Sobre RR TV

Apresentador de TV, idealizador e guitarrista dos Soundtrackers, e autor dos livros: As aventuras da Blitz, Almanaque da Música Pop no cinema, London London - O único guia para conhecer Londres usando o metrô e Paris Paris, que segue o mesmo conceito.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para A TDK do a-ha

  1. Rosi lopes disse:

    Que bacana!
    Eu passei a gostar da banda, após assistir um famoso comercial de chocolate LAKA. Que na veedade nao era a banda que tocava, foi na voz de Morten que eu me apaixonei. Mas meu amor mesmo se firmou, quando sonheci uma rapaz de RN que também é apaixonado pela banda. Hoje as musicas embalam nosso amor.

  2. Thiago Lúcio disse:

    Excelente texto, Rodrigo! Uma verdadeira viagem no tempo. Todo fã do a-ha tem uma história bacana pra contar. Também conheci a banda por meio de uma fita k7, gravada por um amigo com as melhores dos quatro primeiros álbuns. Desde então não parei mais…

  3. Republicou isso em e comentado:
    Gostei do seu post parabéns

  4. Anderson Leão disse:

    Excelente documentário dessa fantástica banda, a-ha!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s